bèrro sucinto via e-mail (feed):

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

dizer sem dizer

Quero dizer que te amo,
sem dizer que te amo.
Quanto mais escrevo sobre nós,
mais as palavras me parecem inúteis.

E agora que tento pensar em combinações de palavras,
para dizer que amo você,
só penso em bodas de diamantes, alianças novas em mão velhas
e em dois sorrisos de dentaduras realizadas.


*Para Sorraine Alcântara de Castro

2 comentários:

Larissa de Oliveira disse...

Eu amei esse poema! Ele é tão profundo e traduz tudo. Realmente, chega um momento em nossas vidas que o simples "eu te amo" fica insuficiente para expressar tudo que sentimos. Parabéns!

A Sua. disse...

Me emocionei muito quando li! O melhor presente de aniversário que eu poderia ganhar... o seu amor na minha vida! Você é a vida da minha vida. Amo você infinitamente!
Obrigada mais uma vez, meu amor!!