bèrro sucinto via e-mail (feed):

terça-feira, 26 de abril de 2011

Post nº 100

Todas as vezes que eu termino
onde você começa
a culpa é nossa.

Não me preocupo
com o que chamam de estar só.
Já encontrei meu outro coração,
que domina comigo a minha voz.
Eu sei, eu seu, eu sou,
Eu nós.


2 comentários:

Sô disse...

LINDO! SOU VOCÊ!

Yasmin Nariyoshi disse...

eu soul