bèrro sucinto via e-mail (feed):

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Ventana

Viajantes são como janelas. Deixam o vento entrar, porque em cada partícula de brisa que os corta existe a vontade e a permissão de que apenas vente algo novo - e novamente. Renovar os ares que nos cruzam não deve ser exclusividade das férias. Precisei ficar sem ar para compreender isso, por mais que seja tão óbvio quanto respirar. Bons ares. Sempre.

3 comentários:

Sorraine disse...

Bons ares para nós! Sempre. ;)

jorge vicente disse...

Bons ares. E boas palavras que teimam em te ser :)

Um grande abraço, amigo :)
Jorge Vicente

Alberto Pereira disse...

Obrigado, Jorge. Como conheceu o blog?
Visitarei os seus também. Abraço!