bèrro sucinto via e-mail (feed):

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

À Solidão saudável! Há solidão saudável.


Solidão
Faz tempo que eu não te vejo
Quem sabe um encontro nos convém?
Pra te falar de todos meus segredos
Que não divido com ninguém.

Com você tem que ser passageiro
Para a afinidade não ficar
Triste seria eu perder quem tenho,
porque você quis me trancar.

Só quero um tempo, não mais que muito, pra não te perder
Espera a casa ficar vazia para vir me ver
Depois vai embora, sai já daqui
E demora pra voltar
Daqui a um tempo talvez te ligue pra me visitar.

Tão bom quando nos reencontramos
Você sempre age com razão
Oh minha amiga nunca me abandone
Minhas desculpas solidão.

Nenhum comentário: